Capotamento de ônibus na Rodovia Fernão Dias

Incidente de grandes proporções demonstrou a perfeita integração dos serviços de atendimento de emergência na região


Ocorreu na tarde do dia 17, na altura do Km 10 da Rodovia Fernão Dias, um acidente envolvendo dois caminhões e um ônibus de passageiros que ia de São Paulo para Belo Horizonte, ocasionando lesões em uma grande quantidade de pessoas transportada pelo coletivo. As causas que levaram ao ocorrido serão apuradas pelo Policia Rodoviária Federal.



Para o atendimento das vítimas houve o empenho de profissionais das Base Central Geral Reguladora de Bragança Paulista e das Bases Descentralizadas do SAMU Regional alocadas nos municípios de Vargem e Joanópolis, além da imprescindível ajuda do Corpo de Bombeiros, da Concessionária Auto Pista, de Veículos de Remoção Sanitária dos Municípios de Vargem e Bragança Paulista e da Polícia Rodoviária Federal.

O SAMU Regional Bragança dispôs de 05 Unidades Móveis para o atendimento com o seguinte efetivo de socorristas: 05 Unidades Móveis com 05 Condutores Socorristas, 03 Técnicos de Enfermagem, 02 Enfermeiros, 02 Médicos, além da presença da Coordenadora Regional Geral e do Coordenador Regional de Enfermagem.

As primeiras equipes, ao chegarem ao local, após verificar a segurança da cena, fizeram a classificação das vítimas utilizando o método START, onde as vítimas mais graves e com potencial para sobrevivência foram prontamente identificadas e encaminhadas para atendimento médico no local para estabilização de seu quadro.


Esta foto demonstra o espírito de equipe e profissionalismo que permeou o atendimento das vítimas, onde temos profissionais do SAMU, do Corpo de Bombeiros e da Auto Pista atendendo de acordo com protocolos uma das vítimas.
Comprometimento, dedicação e integração. Atendimento de uma vítima dentro de uma Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros realizado conjuntamente por médicos e Enfermeiros do SAMU, Auto Pista e Águia PM.
Devido a alta gravidade de duas vítimas, ambas foram levadas pelos Helicópteros Águia da Policia Militar do Estado de São Paulo para unidade hospitalares de grande porte.

Considerando o alto número de vítimas envolvidas foi necessário o encaminhamento de pacientes para diversas unidades de saúde da região, como para o Centro de Saúde do município de Vargem, para a Santa Casa e para a UPA Cerejeiras de Atibaia e para o Hospital Universitário São Francisco, Santa Casa e UPA Vila David de Bragança Paulista, cujo apoio no recebimento para estabilização inicial das vítimas e rápida liberação das equipes de Atendimento Pré Hospitalar para retornar à cena foram cruciais.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...