Interiorização leva Samu a 127 milhões de brasileiros

Estados como Acre, Alagoas, Goiás, Paraíba, Santa Catarina, Sergipe e o Distrito Federal já têm cobertura de 100%


O número de unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) habilitadas pelo Ministério da Saúde cresceu 54% nos dois últimos anos. Passou de 1.831, em 2010, para 2.834 unidades, em 2012. Com esse aumento, o serviço passou a cobrir 127,8 milhões de pessoas em todo o País.

Em 2010, o Samu 192 mantinha cobertura populacional de 119 milhões com 155 Centrais de Regulação das Urgências. Em 2011, a cobertura subiu para 126,1 milhões de habitantes com 162 centrais. E, em 2012, o serviço passou a contar com 178 centrais e uma cobertura de 134 milhões de habitantes. Estados como Acre, Alagoas, Goiás, Paraíba, Santa Catarina, Sergipe e o Distrito Federal já possuem cobertura populacional de 100%.

O País conta hoje com 2.142 Unidades de Suporte Básico, 520 Unidades de Suporte Avançado, 169 motolâncias, sete embarcações e três equipes de aeromédico habilitadas.

Os recursos repassados pelo ministério para custeio do serviço também cresceram. Houve aumento de 26%, quando passaram de R$ 350 milhões, em 2010, para R$ 487,3 milhões, em 2012.

O Samu 192 tem contribuído para a redução do número de óbitos, do tempo de internação em hospitais e das sequelas decorrentes da falta ou da demora da prestação de socorro, principalmente nas emergências. O serviço propõe um modelo de assistência padronizado e descentralizado segundo as esferas de gestão do SUS.

Fonte: Sala de apoio à Gestão Estratégica do SUS.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...