Ocorrências atendidas em maio de 2013

O SAMU Regional Bragança recebeu no mês de Maio de 2013 um total de 3.433 ligações solicitando o atendimento de diversas situações de urgências e emergências clínicas, traumáticas, obstétricas, pediátricas, psiquiátricas, transferências interhospitalares, entre outras. No gráfico 1 estão os percentuais da divisões dos atendimentos.


Fato que chama a atenção é a quantidade de acidentes automobilísticos ocorridos no município de Bragança Paulista, demonstrado no gráfico 2, principalmente envolvendo motocicletas (acidentes atendidos pelo SAMU de Bragança Pauslita, sem considerar os atendidos pelo Corpo de Bombeiros, pelas forças políciais, os que vão aos hospitais por meios próprios, ou nem procuram uma unidade de saúde).




IMPRUDÊNCIA DE MOTORISTAS NO TRÂNSITO É A MAIOR CAUSA DE ACIDENTES

Condutores sem habilitação, motoristas embriagados, motociclistas sem os devidos aparatos de segurança, falar ao celular enquanto dirige. Estas e outras combinações de infrações são fatídicas para que acidentes ocorram. Estudos apontam que a imprudência de motoristas no trânsito é a maior causa de acidentes. 

Tal assunto veio à pauta após análise do alto número de acidentes de trânsito ocorrido nas últimas semanas, principalmente aos sábados e domingos. Numa pesquisa informal dos boletins de ocorrência registrados na Polícia Civil de Bragança Paulista, em maio deste ano foram registrados 55 acidentes com vítimas e até 12 de junho foram 26 acidentes com vítimas. Quatro mortes foram registradas nos 81 acidentes contabilizados em Bragança e nas estradas da região.

Essa constatação chama a atenção e abrem questionamentos como: esses acidentes acontecem por casualidade ou por algum motivo especifico, como por exemplo, a falta de prudência?

Sobre o assunto, o BJD conversou com representantes da Polícia Militar e da Secretária Municipal de Trânsito e Segurança (SMTS). Ambos apontam que a imprudência dos motoristas é o fator de maior responsabilidade nos casos de acidentes. 

Segundo a SMTS, por meio da Divisão de Imprensa do Palácio Santo Agostinho, sede da Prefeitura, “Bragança Paulista teve um aumento de 25% nos acidentes de trânsito. Estudos comprovam que 70% dos acidentes acontecem por falha humana, ocasionados por negligência, imprudência ou imperícia, e apenas 30% por falha física”.

Segundo Capitão PM Capitão PM Bartolomeu Siqueira dos Santos (foto), do 34º Batalhão da Polícia Militar do Interior (34º BPM-I), os acidentes acontecem porque os condutores cometem pequenas negligências e porque a formação dele é amadora, aliada à cultura da sociedade. “Existe uma série de conflitos. O Código de Trânsito Brasileiro é como um manual de instruções de como se comportar na rua. O problema é que as pessoas não lêem esse manual [o CBT]” disse o policial.

AÇÕES DE PREVENÇÃO

Sobre a questão de ações de prevenção de acidentes, a assessoria da SMTS informou que “a ação principal será uma campanha de educação no trânsito, uma ação conjunta da Secretaria de Trânsito e Segurança e Secretaria Especial de Gabinete. O foco será nas escolas, não apenas para os alunos, mas também para pais, professores e vizinhos da escola. A campanha será voltada para ciclistas, motociclistas, pedestres e motoristas”.

A SMTS também está realizando mutirões de revitalização e aprimoramento de sinalização vertical, horizontal e semafórica. Segundo a SMTS, “os resultados são sempre comparados anualmente, então no próximo ano será possível verificar a eficácia das ações realizadas. O instrumento utilizado para verificar os números em relação aos anos anteriores é o georreferenciamento de acidentes, que possui dados desde o ano de 2010”, afirma a assessoria.

Segundo a PM, as ações de prevenção realizadas pela instituição vão de orientações em bloqueios, no dia-a-dia com o cidadão, para que se cumpram as regras com harmonia; são realizadas palestras educativas nas escolas. A PM também age nas autuações e fiscalização, principalmente no que tange ao álcool. “A PM desenvolve a Operação Direção Segura (ODS), voltada especificamente para coibir motoristas que dirigem sobre a influência do álcool”.

De janeiro a maio de 2012, a PM realizou 19 ODS e no mesmo período de 2013, foram 37, sendo recolhidos no ano passado 586 veículos e neste ano 376; 1.161 condutores foram autuados em 2012 e 874 em 2013, no período de janeiro a maio. “Houve um aumento nas operações e diminuição nas apreensões e autuações, isso significa que o cidadão está se conscientizando”, analisa o Capitão Batolomeu.

Ainda segundo a PM, em 2012, foram registrados 187 acidentes com vítimas, 475 sem vítimas e 31 atropelamentos; já em 2013, 187 acidentes com vítimas, 441 sem vítimas e 30 atropelamentos. Todos os dados são referentes de janeiro a maio de cada ano.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...